Leituras da Mary

domingo, 18 de junho de 2017

Resenha: Mil beijos de Garoto - Tillie Cole

Poppy Litchfield e Rune Kristiansen se conheceram aos cinco anos de idade, quando Rune se mudou da Noruega, seu país de origem, para Blossom Grove, para a casa ao lado da sua. Assim que se conheceram, automaticamente viraram melhores amigos.
Aos oito anos de idade, quando a avó de Poppy morreu e lhe deixou um pote com mil corações de papel com a missão de que a garota preenchesse cada um dos mil coraçõezinhos com beijos ganhados que fizessem seu coração quase explodir, a garota levou esta aventura a sério e prometeu cumprir com a promessa feita a sua avó - ela só não imaginava que Rune, seu melhor amigo, estaria disposto a ajuda-la com sua tarefa.

E Rune cumpriu sua promessa - ou, pelo menos, estava cumprindo, quando seu pai precisou se mudar de volta para Noruega e levou-o junto, obrigando-o a se separar de Poppy. Mesmo se mudando para milhares de quilômetros de distância um do outro, Rune e Poppy mantiveram o relacionamento através de cartas, mensagens de textos, longos telefonemas e chamadas de vídeo. Mas então, de um dia para o outro, Poppy parou de responder suas mensagens e telefonemas. Ela e sua família simplesmente evaporaram do mapa, sem dar explicações, sem se despedir, sem nenhum motivo aparente.

E agora, dois anos depois, Rune está de volta a cidade e de volta à casa ao lado da garota que nunca esqueceu e com uma única missão: descobrir porque Poppy, sua Poppy, a garota que foi o amor de sua vida e que nunca conseguiu esquecer, simplesmente o cortou para fora de sua vida sem explicações. Mas isso se torna uma tarefa difícil visto que ela só o afasta.

Um dos melhores romances adolescentes já escritos. Um livro cheio de amor, paixão, amizade e companheirismo. Um livro que vale a pena ser lido.

Minha opinião:

Nem um milhão de palavras seriam capazes de descrever o quanto este livro me prendeu, me cativou  e, acima de  tudo, me emocionou. Esse é o primeiro livro que li da Tillie e, com toda a certeza do mundo, não será o último.

O que teria de tudo para ser apenas mais uma história sobre amor adolescente clichê e cansativa, se tornou em um dos melhores romances que já li na vida! O misto de sensações que habitam o meu peito neste momento são a prova concreta do quanto esse livro mexeu comigo. 

A obra é escrita em primeira pessoa, e os pontos de vista se alternam entre o de Poppy e Rune, o que faz com que fiquemos a par de tudo o que se passa com ambos os personagens. 

Apesar de ser um romance, a autora introduz o suspense e o drama de forma sutil o suficiente para percebe-los, mas não o bastante para que a história perca o foco principal.

Poppy é uma garota incrível e que merecia muito mais do que a autora lhe deu, tamanha simpatia dessa personagem. Ela é inteligente, meiga, amorosa e uma das protagonistas mais positivas que já conheci. Inclusive, seu jeito de ser me lembrou muito de Kate, protagonista do livro Raio de Sol, da Kim Holden.

Rune foi uma das maiores surpresas que tive. Antes de ler o livro, confesso que imaginava-o na forma mais clichê possível de um bad boy, desde as atitudes até a áurea misteriosa capaz de atrair todas as garotas. Neste último, acertei, mas em relação as atitudes confesso que fiquei surpresa - e no melhor sentido da palavra. Apesar de não concordar com algumas atitudes do rapaz, fui capaz de compreender os motivos que o levaram a cometer determinados atos.

sábado, 17 de junho de 2017

Nova Parceria: Autora Diane Bergher #DivulgaoAutorNacional

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Como vocês sabem o blog Leituras da Mary apoia a literatura nacional, pois existem autores maravilhosos nesse Brasil que merecem ter suas obras vistas e lidas. Desse modo hoje eu venho aqui para anunciar que fechamos mais uma parceria com uma autora nacional a Diana Bergher, para a nossa alegria ela também escreve romances de época, eu sei que a maioria de vocês amam e eu também.

Conheça a autora

Diane Bergher é gaúcha de nascimento. Adotou Florianópolis como o lugar para viver com o marido e filho. É advogada com duas especializações na área e formação em coaching e mentoring. Uma leitora compulsiva e escritora por vocação, acredita que sonhar acordada, fantasiar mundos e transformar realidades é a vocação da sua alma. Quando ela chegou, sua primeira obra, foi lançada na internet. Com um texto delicado e sensível, o romance conquistou o público feminino do site em que está hospedado. 
Redes Sociais 
facebook.com/DianeBergher
Instagram: @dianebergher
Twitter: @DianeBergher
Wattpad: @Diane_Bergher

Conheça os livros da Diane

Um Amor para Penélope
Sinopse - A vida fez de Penélope uma mulher forte e tenaz. No início do século XX, o sonho de toda mulher é ter um bom casamento e filhos, exceto para Penélope. Prestes a completar 25 anos, Penélope apenas quer receber a herança deixada pelo pai, um inglês que a deixou no Brasil ainda menina, e abrir uma escola para moças em São Paulo. Prestes a realizar seu sonho, Penélope é chamada por sua madrinha Violeta para que acompanhe a jovem Flora nos eventos sociais do Rio de Janeiro. Sem poder negar um pedido de sua amada madrinha, Penélope parte para o Rio de Janeiro, onde é acolhida pela tradicional família Gusmão de Albuquerque. Dona de uma beleza incomum e de uma inteligência irreverente, Penélope acaba por ser cortejada por vários cavalheiros, o que desperta ciúmes no solitário e responsável Felipe Gusmão de Albuquerque, o primogênito de Violeta. Viúvo e com uma filha pequena para educar, Felipe não esperava se apaixonar pela afilhada da mãe e fará de tudo para mantê-la distante de sua organizada e planejada vida. Felipe entende que Penélope não reúne as qualidades necessárias para ser a esposa de um rico banqueiro e chefe de uma das mais tradicionais famílias do Rio de Janeiro. Atormentados pela forte atração que sentem um pelo outro, Penélope e Felipe sucumbirão ao desejo e um forte sentimento nascerá entre eles.
Disponível em formato e-book - https://www.amazon.com.br/dp/B071VPCB2J

Sempre foi Você
Sinopse - Depois de uma década e de escolhas erradas, Pedro reencontra a mulher de sua vida. Pedro e Melissa foram namorados na juventude, mas o destino os impediu de ficar juntos. Melissa casou-se com o melhor amigo de Pedro após ter fugido para o exterior. Pedro, por sua vez, casou-se com a irmã mais nova de Melissa. Com o retorno de Melissa ao Brasil, agora viúva, a paixão adormecida entre os dois renasce ainda mais forte. Preso a um casamento fracassado, Pedro precisará lutar para reconquistar o amor e a confiança de Melissa. Em meio a segredos e intrigas familiares, poderá o amor ser capaz de vencer?





Disponível em formato e-book - https://www.amazon.com.br/dp/B06XXR9N5X

Quando ela chegou 
Sinopse -  Apaixonada por arquitetura e história, Camila Rossini sonhava se tornar uma arquiteta para trabalhar com restauração e conservação de prédios históricos. Jovem, linda, de personalidade forte e destemida, perfeccionista e detalhista ao extremo, Camila precisou assumir a presidência da construtora da família quando seu irmão mais velho sofreu um grave acidente de trânsito. 
Empenhada em manter os negócios da família, Camila deixa de lado seus sonhos e passa a viver para a empresa durante anos. Depois de um longo noivado, é abandonada no altar, o que a leva a questionar as escolhas que fez na vida e a embarcar numa viagem para o exterior.
Ao retornar para o Brasil, Camila decide recomeçar sua vida e realizar seus antigos sonhos. Muda-se para o Rio de Janeiro e aceita o cargo de assistente do genioso e controlador Murilo Mendonça Castro de Alcântara, um arquiteto talentoso e um mulherengo incorrigível. Uma forte atração surgirá entre os dois, fazendo-os sucumbir a uma tórrida paixão, que poderá mudar o curso de suas vidas para sempre. 
Quando ela chegou é o primeiro livro da Trilogia Ela, que narra os encontros de casais de mundos diferentes que descobrem no amor seu elo mais profundo.

Gostou desse post? Já conhece o trabalho da Diane Bergher? Não se esqueça de deixar um comentário e nos seguir nas redes sociais.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Resenha: O Duque Sombrio - Margaret Moore #RomancedeBancaForever
Onde comprar:  Atualmente você só irá encontra-lo em sebos 
Ficha técnica
Autoras: Margareth Moore
Editora: Harlequin
Páginas: 255 
Ano de publicação: 2012

Um duque bem arrogante!
 Adrian Fitzwalter, o Duque de Barroughby, lidava com escândalos com a mesma naturalidade com que vestia fraques feitos sob medida. Sua presença era garantia de realização dos desejos mais íntimos e proibidos. Porém, Lady Hester sabia muito bem que toda essa postura rebelde não passava de uma máscara para esconder um homem desesperadamente solitário. Com um olhar sábio e suave beleza, ela era bem diferente das beldades que frequentavam a alcova de Adrian. Aquela profunda bondade o enervava. Porém, até que ponto ele conseguiria cumprir a jura de jamais ceder à tentação de experimentar a doçura dos lábios de Hester?

💛💛💛💛💛

    A resenha de hoje é de um romance de banca histórico ou de época, na minha época era chamado de histórico, super rapidinho de ler, muito leve e fofo. Aquele tipo de livro perfeito para distrair a mente e ler em uma só sentada.
    Como vocês já sabem, eu adoro ler romances de banca históricos e a Margareth Moore já é uma autora favorita de longa data, mas esse livro era tão fininho e curtinho que eu confesso que não esperava muito da história, porém tive uma grata surpresa, pois me vi completamente envolvida na trama.
    O Duque sombrio é uma história ambientada na Inglaterra do Periodo Regêncial, para ser mais exata Hampshire em 1863, os protagonistas são Lady Hester a governanta da duquesa de Barroughby e Adrian Fitzwalter Duque de Barroughby, mais conhecido como O Duque sombrio.
    Adrian adquiriu essa fama nefasta por ser um libertino inveterado, segundo as más línguas ele já seduziu muitas jovens inocentes e já destruiu muitos casamentos, pois é um homem inescrupuloso e um jovem mimado que não pensa nas consequências dos seus atos. Ao menos era isso que todo mundo pensava de Adriam, mas a realidade não é bem essa.
    Ele havia herdado o titulo de Duque do pai, com este legado veio toda a responsabilidade sobre a família, sua madrasta Lady Barroughby é uma cabeça de vento que vive á esbanjar dinheiro com frivolidades, era preciso que ele tivesse pulso firme com as finanças da família, mas a madrasta não enxergava o fato dele lhe privar dos seus gastos mais supérfluos como uma maneira de protegê-la.
   Porém não era apenas da expectativa de pobreza iminente que ele a poupava, mas também de saber a verdade sobre tudo. Não podia contar para a Lady que na realidade toda sua fama adquirida foi tentando salvar o pescocinho do seu belo e querido filho Elliot, no caso meio-irmão de Adriam.
     Para a sociedade e a mãe, Elliot era o modelo de perfeição todos viviam exclamando pelos quatro cantos dos salões de baile e das salas de chá que era realmente uma grande infelicidade que Elliot fosse mais novo e, portanto não havia herdado o titulo no lugar do seu irmão mais velho e devasso.
   No entanto Adrian não faz a mínima tentativa de parecer amigável, muito pelo contrário, faz o possível para ser intragável e desempenhar com perfeição o papel de vilão no teatro que era essa vida de encobrir os tenebrosos rastros do irmão mais novo, esse sim era sem escrúpulos e capaz de seduzir jovens inocentes.
    Do outro lado da história temos a Lady Hester, uma dama de boa posição social, mas que aceitou a posição de acompanhante da Duquesa, pois acreditava que estava sendo um fardo para os pais, já que era uma solteirona e jamais possuiu a beleza das irmãs que encontravam-se casadas, por isso ela resolveu trilhar o seu próprio caminho, mesmo em uma posição inferior mas com a dignidade preservada.

     Durante os meses que Hester ficou na companhia da senhora ela ouvia coisas terríveis sobre o Duque, mas dava graças a Deus por não ter tido a oportunidade de conhecê-lo. Porém certo dia o Duque chega de surpresa afirmando que passará na propriedade em Hampshire algum tempo até se curar de um ferimento, que todos inclusive ela pensou ter sido adquirido em uma de suas aventuras.
    Mas para a surpresa de Hester, apesar de mal humorado o Duque aparentemente não era nada daquilo que todos comentavam dele, inclusive sua patroa, ela sabia pelos boatos que ele era lindo como o pecado e realmente pudera comprovar pessoalmente. Ela até chegava a entender sua fama de conquistador e destruidor de lares, afinal que mulher não se interessaria por aquele homem.
    Com o passar do tempo e a convivência Hester foi percebendo que na realidade Adrian era muito amável e educado. Logo, nós leitores percebemos que começando a rolar um climinha entre eles e quando esta ficando tudo bem e a Hester começa a enxergar Adrian sem todo aquele preconceito que lhe impuseram, o irmão mais novo dele e filho da Duquesa chega a Hampshire.
    Elliot é puro charme, realmente para quem o vê por fora acredita que ele é um anjo caído do céu, mas Hester não demorou muito para perceber que toda aquela aparência doce e educada era puro fingimento. Aos poucos ele começa a perceber que Adrian na realidade protege os atos do irmão, mas ela não consegue entender por que.
    Eu amei esse romance, achei o Adrian um fofo, já a Hester não achei grandes coisas, não fede e nem cheira kkk, mas o romance é muito bom de uma maneira instigante que me prendou na história e enquanto não terminei não sosseguei.


   Como disse anteriormente, me surpreendi com a história, pois não esperava que um livrinho tão curto fosse trazer uma história tão profunda e bem detalhada. Com toda a certeza recomendo muito a leitura para todos que apreciam um bom romance de época, clichê e delicioso.
    Esse livro veio a calhar em um momento que estava precisando de uma historinha bem leve, romântica, divertida e com uma pequena dose de mistério. Em minha humilde opinião ele mereceu 5 estrelinhas no Skoob e nota 9,0 no meu conceito.

Você poderá encontra-lo também nessas outras edições;

domingo, 11 de junho de 2017

Sorteio literário Junino
 sorteio, livros, literatura-nacional
     Olá leitores, venham participar de um sorteio literário junino, no qual um sortudo vai levar para casa cinco livros maravilhosos!

 Os prêmios:
- 1 exemplar de "Uma chance para recomeçar" cedido pela autora Diana Scarpine, lançado pela Editora Pandorga, para quem curte um romance sobre superação.
- 1 exemplar de "Sombras do Mundo" da Daniella Rosa, publicação da Ler Editorial, cedido pelo blog PDL, para os apaixonados por histórias que tragam seres sobrenaturais.
- 1 exemplar de "Lavínia e a Árvore dos Tempos" cedido pelo autor Lucinei Campos, para os apaixonados por aventura e seres folclóricos.

- 1 exemplar de "Selene e o Dragão" lançamento da Editora PenDragon, cedido pela escritora Marília G. Barbosa, para os fãs de fantasia.
- 1 exemplar de "Beco da Ilusão" da Mallerey Cálgara, cedido pela Mundo Uno Editora, para quem gosta de histórias que se passem na Segunda Guerra Mundial.
 Para participar, é só preencher o formulário do Rafflecopter abaixo e torcer. Depois das regras obrigatórias, aparecerão as opcionais, aproveite as entradas extras para aumentar (e muito) suas chances de ser o sorteado.
 Regulamento:
- É preciso ter endereço de entrega no Brasil.
- Início das inscrições: 10/06/2017, término: 10/07/2017. O sorteio será realizado em até uma semana após o encerramento das inscrições.
- O sorteado será avisado por e-mail pelo blog PDL e terá o prazo de até uma semana para enviar seu endereço para envio do prêmio ou o sorteio será refeito.
- O envio dos prêmios será de responsabilidade de quem cedeu cada um, e será feito em até 30 dias após o recebimento do endereço do ganhador. Sendo assim, eles provavelmente chegarão em datas distintas. Não nos responsabilizamos por endereço incorreto fornecido pelo participante, danos ou extravios dos Correios.
 Boa sorte!

quinta-feira, 8 de junho de 2017

#Novidadesliterárias: Trilogia de Romance de época da autora Elizabeth Hoyt

Grupo Editorial Record divulgou as capas dos tão aguardados livros da autora Elizabeth Hoyt,  é uma trilogia de romance de época do jeitinho que a gente gosta, estou louca para fazer a leitura, porque muitas pessoas já me recomendaram demais O príncipe Corvo.
Eu gostei bastante da escolha da capa que remeteu à livros clássicos. Os livros da trilogia são;
- O Príncipe Corvo
-O Príncipe Leopardo
-O Príncipe serpente
O primeiro livro já esta em pré-venda e será lançado oficialmente em 17/07/2017

                   Sinopse

Chega uma hora na vida de uma dama...
Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil.
Em que ela deve fazer o inimaginável...
O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude.
E encontrar um emprego.
Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.

Adquira o seu na pré-venda
Confira algumas capas estrangeiras de O Príncipe Corvo

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Resenha Nacional: Depois da Meia-Noite, Abóboras e Loucuras - A . S. Victorian {+ SORTEIO de Marcadores}

Ficha Técnica
Livro: Depois da Meia-noite: Abóboras e Loucuras
Autora: A. S. Victorian
Editora: Amazon
Ano: 2016
Páginas: 77
Livro enviado pela autora para ser resenhado no blog
Onde encontrar: E-book Amazon 💙 Livro físico com a autora 💙
Sinopse: 
Seguindo o caminho da floresta 
Ao som da velha melodia, 
Com um pé no país das maravilhas 
Outro na casa de doces 
Vai buscando o encantado 
A boba princesinha...

    Olá pessoal, como estão?
   Decidi me aventurar em um gênero que não tenho muito o costume de ler, que é o gênero Lírico, quase nunca leio poesias, mas assim que vi "Depois da meia-noite Aboboras e loucuras" eu fiquei encantada com a capa maravilhosa que esse livro tem, também me interessei muito pelas poesias, pois eram inspiradas em contos de fadas e eu amo essa temática.
    Quando o livro chegou na minha casa eu fiquei ainda mais encantada com a diagramação e com as poesias, que além de serem muito lindas, utilizam os contos de fadas para trazer várias mensagens ao leitor. Neste livro a autora ira abordar de forma poética e reflexiva, críticas sociais, preconceito, identidade, aceitação, questão de gênero, Bulling, abuso psicológico e sexual, além de vários temas relacionados á questão feminina.
    Ao longo das poesias nos deparamos com as referências dos contos de fadas, fazendo refletirmos sobre nós mesmos, a sociedade e seus valores. O livro faz menção á Cachinhos Dourados, Pinóquio, Polegar, Cinderela, Patinho feio, Rapunzel, Chapelzinho vermelho, A bela e a fera e muitas outras histórias infantis.
      Sabe-se que os contos de fadas foram criados para passar aos adultos e crianças alguma lição de moral ou ensinamento, mas na maioria dos contos os personagens não são um modelo de virtudes e cometem muitas atitudes reprováveis. Acredito que o intuito da autora ao escrever essas poesias inspiradas nos contos infantis era justamente, trazer alguns ensinamentos acerca das questões sociais, mostrando que o mundo não é perfeito, nem mesmo nos contos de fadas.
    De um modo geral a leitura desse livrinho foi muito agradável, rápida e me levou a refletir sobre diversos temas do nosso cotidiano. Amei essa experiência de leituras e quero voltar a repeti-la, pois acredito que esses poemas devem ser lidos sempre, pois cada leitura nos proporciona uma nova percepção.
    Recomendo a leitura para todos, até mesmo para aqueles que, assim como eu, não tem o hábito de ler poesias, garanto que vocês  vão se surpreender.
    Com certeza este é um livro  que avalio  com 5 estrelas no Skoob e nota 9,5.


Alguns Quotes

"O outros dizem que a culpa 
é sua
Por conta de seus dourados caracóis
E suas roupas sempre tão curtas"
                  (Caracóis Dourados)

" E daí se todos o chamam de sapo
Se para você 
Ele é melhor do que qualquer príncipe
Que os outros podem lhe querer?"
                                (O sapo)
Bruxas
Duendes
Aboboras encantadas
As heroínas
(caladas)
E a beleza
(falsa)
Os que cantavam
e manipulavam
A princesas
Que não eram princesas."
            ( As abóboras)

"E fecha os olhos 
Para não mais ver
E se entorpece
Para não mais sentir."
                  (Estava feliz)
Sorteio de marcadores
Está rolando um sorteio dos marcadores dos livros da A. S. Victorian lá na fã page, clique AQUI ou na imagem a baixo para participar:
Regulamento
-Obrigatório ter endereço em território brasileiro
- O blog não é responsável por extravio ou perda dos correios.
- O resultado será divulgado na Fã page em até 02 dias após o término do sorteio.
- Os ganhadores deverão responder o e-mail de contato em até 48 horas, caso contrário o sorteio será refeito.
- O blog terá prazo de 45 dias para enviar o prêmio .
- Perfis fakes ou promocionais serão desclassificados.
- Quanto maior o numero de entradas realizadas. maior será a quantidade de pontos e a chance de ser sorteados.
Prêmio:Kit com 12 marcadores dos livros da autora A. S. Victórian e do blog.
Participe do sorteio, deixe um comentário me contando o que achou da resenha e do livro, não se esqueça de divulguar esse post e o sorteio para os seus amigos. 

terça-feira, 6 de junho de 2017

# NovidadesLiterárias: Série O Quarteto do Norte Chirlei Wandekoken
Olá Pessoal, tudo bem com vocês?
O post de hoje é um aviso para os apaixonados por romance de época, já estão disponíveis na Amazon os e-books da  Série O Quarteto do Norte da autora Chirlei Wandekoken, publicados pela editora Pedrazul.
Os quatro livros tem tudo para serem exelentes leitura, eu que sou a louca dos romances de época já estou com eles aqui na Wist List aguardando para serem adquiridos.
Confira um pouco mais sobre os livros:

A Estrangeira (O Quarteto do Norte Livro 1)


No século XIX, o conde de Northumberland, conhecido por lorde Hotspur, um dos descendentes de Sir Percy, um cavalheiro medieval envolvido na Batalha de Otterbourne, travava uma luta bem menos sangrenta. Obrigado por honra a se casar com uma prima por quem ele não nutria nenhuma simpatia, ele se depara com uma misteriosa recém-chegada às imediações de Alnwick Castle. A misteriosa estrangeira, vestida à moda de vinte anos atrás, mexe com a imaginação de todo o condado e, principalmente, com a vida do conde. Pouco se sabe sobre a moça, apenas que é metade inglesa e metade prussiana. Com apenas alguns shillings e um cão, que apareceu sem ser convidado, a vida de Eliza se cruza com a do conde Hotspur, o cavalheiro que herdara de seu antepassado, além do apelido, o ímpeto e a beleza. Entretanto, fala-se no condado que o clã Northumberland, além de ter a estranha tradição de se casar com primos, no passado casava-se com seus próprios irmãos. O encontro entre o conde Hotspur e a pobre dama vai desenterrar antigas contendas, ela querendo se esconder e ele desvendar o passado.
Inspirado na Batalha real de Otterbourne, A Estrangeira narra duas histórias ao mesmo tempo. Embora intercaladas por 442 anos, a primeira influenciará a segunda: o amor proibido de Sir Percy Hotspur por Miss Evans, e o envolvimento do conde Hotspur, com Eliza. Ambas cheias de mistério, mas desconcertantemente belas.
⇨ Compre seu e-book  Aqui:http://amzn.to/2qTucOC
⇨ Compre seu e-book  Aqui:http://www.pedrazuleditora.com.br/


A Ama Inglesa (O Quarteto do Norte Livro 2)


Desde pequena, a menina Leonora se perguntava por que sua mãe sabia ler e escrever em dois idiomas e o pai sequer sabia ler em um deles. Instruída pela mãe francesa, a filha de um simples cuidador de cavalos muito cedo se vê sozinha no mundo, à mercê de uma tia autoritária e de um padrasto violador. Um encontro na infância provoca uma reviravolta em sua vida e ela vai trabalhar como ama da duquesa viúva de Pudhoe, uma dama autoritária, mas que a respeitava. Entretanto, quando lady Muriel Browne chega de Londres para passar uma temporada em Pudhoe Castle, no Norte da Inglaterra, tudo à sua volta muda. Leonora começa a ser destratada pela duquesa e até pelos outros servos, até então seu amigos. 
Numa noite gelada em Newcastle, sem ter para onde ir, ela acaba se abrigando no celeiro, aconchegada à vaca da duquesa, para não morrer de frio. Ali ela é acordada brutalmente pelo capataz da propriedade e amparada por aquele cuja imagem permeara seus pensamentos durante cinco longos anos, o poderoso duque de Pudhoe, conhecido em toda a Europa por Lorde Perverso. Mas Leonora não o via assim. Pelo contrário. Achara-o caridoso. Afinal, se não fosse por ele, certamente não teria sobrevivido àquela noite.
⇨ Compre seu e-book  Aqui:http://amzn.to/2srt2w7

Um Cocheiro em Paris (O Quarteto do Norte Livro 3)

Quando o duque de Belvoir teve que sair às pressas da casa de Juliette Drouet, a amante de Victor Hugo, para não ser pego em flagrante pelo próprio escritor, sua única alternativa foi dirigir a própria carruagem pelas vielas de Paris. O que ele não esperava, contudo, era que tivesse que socorrer uma dama que acabara de chegar à cidade. A carruagem do Hôtel de Ville, que fora buscá-la no porto, havia quebrado um eixo e ele passava no exato momento do acidente. Não teve alternativa senão esconder a sua identidade, pois a jovem estava acompanhada justamente da ordinária baronesa viúva de Patchetts, uma antiga vizinha do duque seu pai, no Norte da Inglaterra. Tudo o que ele — o duque inglês bastardo — não podia, naquele momento, era ser reconhecido. Assim, apresentou-se como o cocheiro do conde Filippo Raspail e prestou socorro às damas. 

Fruto da relação de um poderoso duque inglês, que não tivera filhos no casamento, com uma cortesã francesa, Belvoir — assumido pelo pai — vivia uma vida desregrada em Paris. Embora na juventude tivesse tido certa proteção moral por parte dos amigos, o duque de Prudhoe e o conde de Northumberland, sofrera muita rejeição da aristocracia britânica, sendo chamado de ‘lorde bastardo’. Por isso, tinha convicção absoluta de que nunca se casaria com a filha de nenhum deles. Belvior só não contava que Harriet Neville, a lady que socorrera, se apaixonaria de verdade por ele, mesmo achando que fosse um humilde cocheiro.
⇨ Compre seu e-book  Aqui: http://amzn.to/2rEO0cE

Fronteira da Paz (O Quarteto do Norte Livro 4) 

Lady Leanah sempre fora a boa moça. Fazia tudo o que se esperava de uma dama. Manteve-se pura à espera de seu príncipe, o cavalheiro que ela sempre amara, lorde Robert Percy, o irmão mais novo do conde de Northumberland, Edward Percy. Quando, finalmente, já com 23 anos, está prestes a realizar o seu sonho e casar-se por amor, Robert se casa às pressas com sua antiga prometida, Charlotte Mortimer, uma prima por parte de mãe, e a abandona. Decidida a se vingar, lady Leanah se aproxima de Elizabeth Douglas, uma cortesã regenerada, e implora para que a ensine a deixar todos os homens aos seus pés. 
Quando o bom moço lorde Robert Percy, finalmente, recebera a aprovação do conde seu irmão, Edward Percy, para se casar com a linda lady Leanah, a irmã do conde de Douglas, da ancestral família inimiga dos Percy Northumberland, ele cai numa armadilha preparada por lorde Mortimer e tem, por honra, que se casar com sua prima Charlotte. Entretanto, jurou jamais tocar um só dedo nela. Afinal, como dissera o tio, ele já não a tinha deflorado? Cansado de ser o bom homem, o lorde se torna um dos maiores pervertidos da Europa e, para sair de Londres, a exemplo de seu pai, ele parte para a Índia. Quando na guerra de Folly de Auckland, ao lado de lorde Palmerston, ele entra em combate, a única pessoa que não esperava encontrar naquele lugar e, ainda por cima num bordel, era Leanah. O que, por Deus, ela estaria fazendo ali?! 
Obrigada a se casar com o primo lorde Robert Percy, Charlotte Mortimer foge logo após o casamento. Seu próprio pai, por causa de dinheiro, conspirara para que aquela união acontecesse. Embarcada num navio com destino à América do Sul, com um nome falso, ela sofre um naufrágio fraudulento e é resgatada por um desconhecido. Sem se recordar quem é, apaixona-se pelo capitão do navio, um homem enigmático, com aparência celta, que a toma como mulher. 
Um histórico romance sobre a vida das cortesãs inglesas e o império britânico e seus laços pelo mundo.
⇨ Compre seu e-book  Aqui:http://amzn.to/2rS1p28

Me diga aqui nos comentários se você já leu ou se pretende ler esses livros, ou se gostaria de ver resenha deles aqui no blog em breve, pois se quiserem farei a leitura e passo aqui para contar o que eu achei, tintim por tintim.


@marycspblog